Migrantes: Descubra Quem São +10 Tipos de Migração

  • Post author:
  • Post category:Blog
Migrantes: Descubra Quem São +10 Tipos de Migração
Migrantes: Veja Quem São + 10 Tipos Impressionantes

A migração internacional cresceu muito nas últimas décadas, mas afinal, o que são migrantes? Migrantes são as pessoas que migram, ou seja, mudam de território dentro ou fora do país, uma ocorrência que se repete ao longo da história do mundo com diferentes periodicidades e razões.
Os migrantes podem se estabelecer em um país ou região de forma temporária ou permanente. Os movimentos de migração são importantes para contar a história da humanidade, como por exemplo, durante a pré-história, que os primeiros seres humanos buscavam alimento e migravam de uma região para outra.
Segundo a ONU, o número de migrantes no mundo cresceu 41% entre 2000 e 2015. Em 2010, a ONU estimou que uma em cada seis pessoas no mundo seria migrante, considerando migrações internas e externas (internacionais).
Nesse texto iremos falar sobre o que é migrantes, migrantes que vieram para o Brasil, a diferença entre migrantes e refugiados e quais os tipos de migração.

O que é migrantes - Migrantes em barco no mar Fonte Veja
O que é migrantes? – Migrantes em barco no mar (Fonte: Veja)

 

O que são Migrantes?

A migração internacional cresceu muito nas últimas décadas, mas afinal, o que são migrantes? Migrantes são as pessoas que migram, uma ocorrência que se repete ao longo da história do mundo com diferentes periodicidades e razões. Os migrantes podem se estabelecer em um país ou região de forma temporária ou permanente.
Os movimentos de migração são importantes para contar a história da humanidade, como por exemplo, durante a pré-história, que os primeiros seres humanos buscavam alimento e migravam de uma região para outra. Segundo a ONU, o número de migrantes no mundo em 2020 correspondia a 3,6% da população global.

Migrantes Significado - Migrantes no trem e em fila Fonte Superinteressante
Migrantes Significado – Migrantes no trem e em fila (Fonte: Superinteressante)

Agora que você já sabe qual é o significado de migrantes, descubra quem são os migrantes que vieram para o Brasil.

 

Quem são os migrantes que vieram para o Brasil?

Em 2018, o Relatório Anual do Observatório das Migrações Internacionais informou que os principais grupos de migrantes no Brasil atualmente são haitianos, venezuelanos e colombianos. Para além disso, o Brasil no século 19 e até metade do século 20 recebeu milhões de migrantes, a maioria da Europa e Japão, por diversas questões que ocorriam tanto no Brasil quanto em seus países de origem.
Esses migrantes que vieram para o Brasil, advindos da Europa e Japão, vieram por falta de crescimento econômico em seus países (o caso de Portugal, por exemplo), incentivos do governo brasileiro para trabalhadores (visando o plantio e colheita do café) e incentivos para povoamento da região sul do Brasil, também oferecido pelo governo brasileiro, momentos pós-guerra que gerou grande instabilidade econômica
Para falar do cenário atual, voltaremos ao Relatório Anual do Observatório das Migrações Internacionais. O Relatório mostra que, de 2010 a 2018, 774,2 mil migrantes foram registrados no Brasil. Quando o assunto é migrante de longo termo (que está no país há mais de um ano), o número chega a 395,1 mil.
O migrante haitiano tem destaque nesses números e compõem a maioria no mercado de trabalho brasileiro. O migrante Venezuelano é destacado como maior número em termos de fluxo migratório a partir de 2018.
A partir destes e outros dados, é certo dizer que o migrante do hemisfério sul é o novo imigrante no Brasil, diferentemente de como era no passado (europeus e japoneses).

Migrantes significado - Migrantes em plantação de café Fonte youtube
Migrantes significado – Migrantes em plantação de café (Fonte: youtube)

 

Qual a diferença entre Migrantes e Refugiados?

Entender a diferença entre migrantes e refugiados é também entender o motivo que fez essas pessoas saírem de seus países. Os refugiados migram pois estão em situação de perseguição, guerra e violação de direitos humanos em seu país de origem. Os migrantes saem de seu território por vontade própria, buscando melhores condições de trabalho e moradia.
Todo refugiado é migrante, mas nem todo migrante é refugiado.

O que é migrantes - Migrantes na Europa saindo de bote Fonte Brasil Escola
Migrantes significado – Migrantes em plantação de café Fonte youtube

 

Migrantes: Quais são os tipos de migração?

1 – Migração Externa e Migração Interna

Migração internacional (ou externa) é o nome dado quando os migrantes saem de seu país de origem e vão para outro país. Suas causas normalmente são por melhores condições de trabalho e vida. A migração interna ocorre normalmente pelos mesmos motivos, porém o migrante se desloca no território nacional, entre cidades e estados do seu próprio país.

2 – Migração Sazonal e Migração Permanente

A migração sazonal (ou temporária) ocorre quando o migrante se desloca por um espaço de tempo determinado, normalmente curto. Exemplos desse tipo de migração são pessoas que trabalham em colheitas, intercâmbio ou quando o migrante irá apresentar um congresso em outro país ou região. A migração permanente, como o próprio nome diz, são migrantes que permanecem na região ou país de maneira definitiva por motivos ambientais, sociais e econômicos.

3 – Migração inter-regional, intra-regional e intra-urbana

Esses primeiros dois tipos de migração ocorrem dentro do território nacional. Os migrantes intra-regionais são os que se deslocam dentro de seu próprio estado. Os migrantes inter-regionais fazem o movimento de deslocamento para outro estado de seu país. Por último, os migrantes intra-urbanos são aqueles que migram dentro da mesma cidade.

4 – Migração Intracontinental e Intercontinental

Migrações intercontinentais são os movimentos migratórios que ocorrem de um continente para outro continente, já os intracontinentais são quando as migrações acontecem dentro do continente

5 – Êxodo Urbano e Êxodo Rural

Êxodo Urbano é o termo usado para quando populações saem das cidades e vão para o campo. Na maioria das vezes, esses migrantes estão buscando uma vida mais tranquila. O êxodo rural é quando populações que vivem no campo vão para os centros urbanos em busca de trabalho, moradia e melhores condições de vida.

6 – Diáspora

Esse termo é usado para migrações de populações inteiras ao longo do mundo. A palavra Diáspora vem do hebraico e significa expulsão, exílio ou dispersão. Esses movimentos aconteceram em diferentes épocas da história da humanidade, como por exemplo a diáspora judaica e a diáspora africana.

7 – Migração Pendular

Fenômeno que acontece por um tempo curto, muitas vezes diário, a migração pendular não é propriamente uma migração. Ela é caracterizada pelo deslocamento de populações que trabalham em uma cidade, estado ou até país, mas moram em outro.

8 – Nomadismo

Tipo de migrante cada vez mais comum na era da tecnologia, os “Nômades Digitais” são migrantes que passam a vida mudando de local, não possuem residência fixa e usam a tecnologia para trabalhar de diferentes lugares do mundo.
O nomadismo “antigo” se caracterizava por migrantes que viviam de caça e coleta de alimentos, também mudando sempre de local e não se estabelecendo fixamente em uma região.
Outro tipo de nômades que existem hoje em dia são os ciganos, que não estabelecem residência fixa e passam longos períodos se deslocando de um lugar a outro.

9 – Migração de Retorno

Como o próprio nome diz, consiste no movimento de retorno ao local de origem do migrante. Normalmente ocorre pois as perspectivas econômicas e de vida em sua região ou país melhoraram significativamente, fazendo com que as pessoas desejem regressar para estudar, trabalhar e viver.

10 – Migração Forçada e Migração Espontânea

A Migração Forçada ocorre de várias formas diferentes. Um exemplo é quando o migrante se vê obrigado a sair de seu país ou região de origem para poder preservar sua vida fugindo de uma seca. Outro exemplo de Migração Forçada são os próprios refúgiados. A migração espontânea é quando o migrante sai de sua região ou país por espontânea vontade, por questões econômicas, culturais ou buscando melhores condições de vida e trabalho.